Pedro Alves em segundo

O Toyota Starlet 1.3s rodou em 2m24,229s, ficando a duas décimas do melhor tempo da Taça Nacional de Clássicos.

Pedro Alves está apostado na vitória na Taça e a diferença mínima que o separa, neste momento, desse objectivo, promete uma boa luta para a prova de amanhã, agendada para as 12h20.

 

“A minha luta é a Taça. O meu objectivo para a corrida de amanhã é terminar o mais à frente possível e de preferência ser o melhor da Taça, pois a liderança da corrida está reservada aos aviões (Porsche´s, Ford´s, BMW´s e Lotus, n.d.r.) cometa o piloto apoiado pela JP Sá Couto Inspiring Knowledge.