Boticas: onde os Campeões se consagram

Rampa Boticas

O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline vai-se decidir à geral e nas categorias só após ser cortada a meta pela última vez, na época de 2016.  

Se o Sol e o bom tempo, aliados a uma paisagem única e à boa gastronomia Transmontana não chegarem, a decisão do Campeonato Nacional de Montanha (CNM) e a realização da prova mais emocionante do ano será certamente a razão para dar “um salto” a Boticas, já no próximo fim-de-semana.

A rampa é organizada pelo DEMOPORTO e Carlos Cruz, Presidente da Comissão Organizativa, confessa-se “muito contente com a realização desta prova e fundamentalmente pelo traçado que encontramos. A autarquia apoiou esta prova desde o primeiro momento e o facto de só aqui se decidir o Campeonato, acho que é uma justa e feliz recompensa para o esforço da edilidade.”

A luta pelos campeonatos

Rui Ramalho (Osella) e Pedro Salvador (Norma) têm dois campeonatos a discutir, o da Categoria 1 e a Classificação Geral. Por isso a luta dos homens dos protótipos vai ser o prato forte, com qualquer deles a aspirar por mais um título.

Na Categoria 2 as coisas estão num nível muito semelhante. Apenas sete pontos separam o estreante Gonçalo Manahu do segundo classificado, Edgar Reis, numa luta que vai uma espécie de troféu Trofeu Porsche. Também na Categoria 3 está tudo em aberto, com Luís Silva a ter que gerir a vantagem de oito pontos, sobre Manuel Correia.

A excepção à regra da decisão dos campeonatos, chega-nos da Categoria 4, em que Luís Nunes, piloto da terra, é já um Campeão antecipado.

Os clássicos prometem igualmente lutas emocionantes, assim como as categorias que ainda estão em aberto e são muitas.

Acessos

A Rampa de Boticas tem ainda condições únicas, no que a acessos e zonas para público diz respeito. Para se assistir à partida, basta ira até ao centro de Boticas e desde aí facilmente se chega à partida, onde é possível conviver de muito perto com os homens e máquinas que vão lutar pelo Campeonato.

Para aceder ao meio da rampa, o melhor acesso é pela Estrada Ncional 312, que liga Ribeira de Pena a Boticas, virar em direcção à povoação de Torneiros e seguir em frente por cerca de dois quilómetros até encontrar o traçado da prova.

Horários

A prova arranca no Sábado, dia 1 de Outubro, às 14.30 horas. Realizam-se as duas subidas de treinos e a primeira de prova. Intercaladas serão ainda as passagens de treino e de prova da Rampa regional. Prevê-se que pelas 16.30 horas o dia esteja terminado.

No Domingo, dia 2 de Outubro, a competição recomeça às 10.00 horas, com o “warm-up”, seguem-se subidas de treinos e de prova da Rampa Regional e as duas subidas do CNM, que terminarão cerca da hora do almoço.

Só após a realização da derradeira subida de prova, serão encontrados os Campeões. Fica a promessa de uma prova plena de emotividade, com a decisões a só acontecerem após a derradeira bandeirada xadrez do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline.

 rampa de boticas