“Já não vou “às escuras””

Gonçalo Manahu regressa à actividade no próximo fim-de-semana, no plano inclinado da Penha.

Diz o povo que “em equipa que ganha não se mexe” e isso é verdade no que aos planos do Campeão Nacional de Montanha da categoria dois diz respeito. Já na Penha vamos voltar a ver Gonçalo Manahu e o Porsche GT3 Cup, que entretanto foi revisto, para voltar a encarar a época com espírito ganhador.

“Sim o espírito ganhador está presente e tenho a consciência de que agora vou poder encarar as rampas de outra forma, pois já não vou “às escuras” para os traçados. No entanto, tenho consciência de que “a concorrência” não esteve parada no defeso e sei que vou encontrar maior oposição”, começa por declarar Gonçalo Manahu.

Mas o Campeão em título, acrescenta ainda que “este ano já não vou ser encarado como um outsider, que chega ao campeonato. Provei que apesar de ter um carro inferior, consegui os resultados que me permitiram atingir o título e este ano não vou “apanhar ninguém distraído” (risos). Acho que vai ser uma época muito dura e discutida do princípio ao fim.”

A Rampa da Penha, organizada pelo DEMOPORTO em Guimarães, é já no próximo fim-de-semana. Gonçalo Manahu vai estar presente com o número 201 e volta a contar com os apoios de VM Flex, Omron, Univer, SPX, Balflex, Qualytent, Completa Mente e “com a Fabela Sport como equipa técnica, pois em 2016 eles foram os primeiros a acreditar que íamos ser campeões e foi graças ao empenho deles que consegui atingir esse objectivo.” Remata Gonçalo Manahu.

goncalo manahu Arquivo 2016 (Zoom Motorsport) goncalo manahu Rampa da Penha - Arquivo 2016 (Zoom Motorsport)